Programa Passageiro Cidadão

26/5/2011

Cadastramento começa no dia 1º de junho, em vários pontos da cidade

No dia 1º de maio, o prefeito de Angra dos Reis, Tuca Jordão, anunciou oficialmente que ia dar um grande presente aos moradores do município: a tarifa relativa à passagem de ônibus na cidade, que atualmente, varia entre R$ 2,00 a R$ 2,40, passaria a ter um preço único e acessível – R$ 1,00.
A notícia já havia sido transmitida numa reunião do prefeito com os secretários de Governo e Defesa Civil, Carlos Alexandre Soares, de Administração, Carlos Renato Gonçalves, diversas autoridades municipais, representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais (Sinspmar) e de categorias de servidores, no Salão Nobre da Prefeitura. A medida, que reduz o valor da tarifa, é parte dos reflexos do estudo sobre o transporte coletivo municipal, encomendado no ano passado pela prefeitura e realizado pela Fundação de Coordenação de Projetos, Pesquisas e Estudos Tecnológicos (Coppetec), órgão associado à Coppe/UFRJ. A iniciativa irá beneficiar toda a população que utiliza o transporte público no município, o que inclui milhares de trabalhadores.
Não haverá a necessidade de transbordo – mudança de passageiro de um ônibus para outro – no trevo da cidade, pois os coletivos irão até o Centro. Apenas em alguns bairros a operação será necessária, mas, mesmo assim, não será cobrada outra tarifa, já que o programa Passageiro Cidadão prevê o pagamento de apenas uma passagem, mesmo com a necessidade de transbordo.
Em relação aos estudantes e idosos, a gratuidade será mantida. O vale-transporte, que é regulamentado através de lei federal, continuará funcionando da mesma forma. Além disso, existe um planejamento para que toda a demanda seja atendida, garantindo assim que não haverá falta de ônibus. Para o controle quanto ao uso do próprio, na intenção de que uma prestação de contas transparente possa ser feita, um cadastro será realizado. Os documentos necessários para o cadastramento são: CPF, carteira de identidade, comprovante de residência e certidão de nascimento – este último, para maiores de 5 até 15 anos. O cadastramento terá início na próxima quarta-feira, dia 1º de junho. Todos os moradores de Angra terão direito ao benefício, independente da renda.
O pagamento da passagem será feito através de um cartão validador – sistema de bilhetagem eletrônica. Não haverá créditos e, mediante autorização, pagará somente R$ 1,00.
Outro benefício previsto pela Subsecretaria de Transportes e Trânsito é a redução do número de veículos no Centro da cidade. “Esse programa vai trazer muitos benefícios para a nossa população. Além da redução da tarifa, espero que um transporte público de qualidade faça com que menos pessoas utilizem seus carros para sair de casa, o que vai melhorar o trânsito da cidade”, disse o prefeito Tuca Jordão.