Defesa Civil aprova Planejamento de Emergência Nuclear 2018

Reunião aconteceu na última quinta-feira em Brasília e serviu para discutir e melhorar o planejamento em relação o ano que vem

Sexta-Feira, 01/12/2017 | Superintendência de Comunicação

Os representantes da COPRON (Comissão e Coordenação da Proteção ao Programa Nuclear Brasileiro de 2017), da qual faz parte o secretário de Proteção e Defesa Civil de Angra dos Reis, Jairo Fiães, estiveram reunidos na quinta-feira (23), para discutir e aprovar as diretrizes do Planejamento de Emergência Nuclear do País de 2018. Esta reunião aconteceu no Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, no Centro Nacional de Gerenciamento de Emergências Nucleares – CENAGEN.
Fazem parte da COPRON: Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN), Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (SEDEC/MI), Agência Brasileira de Inteligência (ABIN), Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação (MCTIC), Ministério da Saúde (MS), Ministério das Relações Exteriores (MRE) e a Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Cívil de Angra dos Reis, representada além do secretário Executivo de Defesa e Proteção Civil, e o coordenador de Emergência Nuclear, Lucas Costa.
Todos os anos os membros da COPRON se reúnem para melhorar o Plano de Emergência Nuclear. As mudanças feitas não vão interferir na rotina da população.