Menino Imperador é recebido com festa no Cais de Santa Luzia

Atrações culturais e religiosas da Festa do Divino Espírito Santo seguem até domingo

Sexta-Feira, 18/05/2018 | Superintendência de Comunicação .

Como manda a tradição, o Menino Imperador da Festa do Divino Espírito Santo, que neste ano é o catequizando João Gabriel Pinto dos Reis, 13 anos, foi recebido na Estação Santa Luzia, nesta sexta-feira (18), por centenas de fieis e personagens culturais que envolvem a tradição. O prefeito, acompanhado da 1ª dama do município; do vice-prefeito; do secretário de Desenvolvimento Econômico; da secretária executiva da Cultura e Patrimônio; e do pároco da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, Frei Fernando Bezerra, também foi recepcionar o cortejo do império.
A embarcação chegou à Estação Santa Luzia pouco depois das 11h. A banda Jardim Sarmento e a folia do Divino executaram canções folclóricas para recepcioná-la, criando todo o clima que vai tomar conta da cidade neste fim de semana.
Assim que chegou, o Menino Imperador João Gabriel recebeu das mãos do prefeito as chaves da cidade.
- Parabenizo a todos pela organização desta maravilhosa festa e convido a população para vir prestigiar as tradicionais atividades culturais e religiosas que vão acontecer até domingo em nossa cidade – destacou o prefeito.
Com as chaves na mão, João Gabriel ressaltou o que mudaria na cidade nos dias de seu império.
- Eu gostaria de acabar com a violência em Angra dos Reis – disse o menino, lembrando o tema da festa deste ano: “Espírito Santo, ajudai-nos a superar a violência”.
Depois, João Gabriel e seu séquito seguiram em procissão pelas ruas do Centro, sendo acompanhados por uma grande multidão. A primeira parada foi na 116ª DP, onde simbolicamente um preso foi solto pelo imperador. O cortejo, que contou com a participação dos tradicionais Burrinha, Vaca Malhada e do Bate-Moleque, além de representantes das danças dos Lanceiros, Coquinhos, Marujos, Velhos e Jardineiras, seguiram pela Rua do Comércio, atraindo os olhares de todos. A procissão seguiu até a Igreja Matriz e retornou pela Rua da Conceição até o Convento do Carmo, onde um almoço comunitário foi servido.
- Esta festa renova a fé do povo em um Deus que nos ama e nos cuida. Por outro lado, a tradição cultural ilumina a história, para que sejamos felizes, como Deus quer – destacou Frei Fernando Bezerra, da Paróquia Nossa Senhora da Conceição, organizadora da festa.
As irmãs festeiras, Madalena Aparecida Coelho e Ivonete Coelho Bastos, revelaram a expectativa para a festa no fim de semana.
- Trabalhamos muito para realizar esta festa. Esperamos que todo mundo venha prestigiar, pois é uma festa feita pelo povo para o povo – destacou Madalena, agradecendo os parceiros, dentre eles a Prefeitura de Angra, pela ajuda.
Antes da chegada do Menino Imperador à Estação de Santa Luzia, outras atividades marcaram os festejos ao Divino em Angra dos Reis: alvorada festiva e café da manhã com o Menino Imperador.
- Foi muito bonito ver a participação da população na abertura da Festa do Divino e na alvorada festiva. Vejo isso como um resgate histórico que vem crescendo a cada ano. A expectativa até domingo é que a programação siga conforme o planejado e com a presença do público prestigiando as apresentações folclóricas e as atrações musicais – finalizou a secretária executiva de Cultura e Patrimônio.
A programação da Festa do Divino continua nesta sexta, às 18h30, com a Procissão das Bandeiras, saindo da casa das festeiras, em direção à Igreja Matriz, onde às 19h30, será celebrada uma Missa, com coroação do Menino Imperador. Depois, no império montado no Cais de Santa Luzia, haverá programação musical com a Banda Sereno e apresentações das seguintes danças folclóricas: Coquinhos, Jardineiras e Lanceiros.
A programação segue neste sábado (19). Às 10h, na Igreja Matriz, haverá celebração das crianças com o Menino Imperador. Às 18h30, acontece mais uma Procissão das Bandeiras, seguida de missa, às 19h30, na Igreja Matriz. Às 20h, no Cais de Santa Luzia, haverá apresentação musical com Bruno Perez e Erivelton Marques e as danças folclóricas dos Coquinhos, Velhos e Marujos.
No domingo (20), dia de Pentecostes, a programação terá início às 6h, com alvorada festiva e amanhecer no Espírito Santo, com missa e café comunitário. Às 9h30, acontecerá a Procissão das Bandeiras e às 10h será celebrada, na Igreja Matriz, Missa Solene. Às 16h, será celebrada Missa festiva e, às 17h, haverá procissão do Divino Espírito Santo, seguida de troca da coroa do Divino pelo chapéu do Imperador.
Às 20h, continuam as atrações culturais no Cais de Santa Luzia, com apresentação do Grupo Nosso Som e danças folclóricas de Coquinhos, Jardineiras, Velhos, Lanceiros e Marujo.