Defesa Civil de Angra compartilha experiência no México

Agente divulgou as experiências do Programa de Educação para Redução de Desastres (RED)

Sexta-Feira, 30/11/2018 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra, representada por um agente da Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil, participou do 3º Congresso Internacional Cmpgrypc, no México, com o tema “Territorios más seguros y más humanos, ante el riesgo de desastres: Retos de la Gestión de Riesgos en México“, que aconteceu de 21 a 23 de novembro.
O agente compartilhou com os congressistas as experiências do Programa de Educação para Redução de Desastres (RED), que engloba a realização de eventos de ciência e ensino e um conjunto de cursos de formação de agentes locais, como educadores, agentes de saúde e lideranças comunitárias.
A Rede de Educação para Redução de Desastres (RED) é uma iniciativa conjunta de instituições que visa criar e combinar projetos educacionais de gestão do risco de desastres, tendo os atores escolares, agentes locais da defesa civil e saúde e os moradores de áreas de risco como principais parceiros na construção das estratégias e ações adotadas.
A RED surgiu no 2º semestre de 2015 a partir da articulação do Grupo de Pesquisas em Desastres Sócio-Naturais da Universidade Federal Fluminense (GDEN/UFF) com as Secretarias de Educação, de Defesa Civil e de Meio Ambiente da Prefeitura de Angra. No mesmo ano de sua criação, a RED também passou a contar com a parceria do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN Educação) e a partir de 2016, com a parceria do Grupo de Pesquisa em Dinâmicas Ambientais e Geoprocessamento da Universidade do Estado do Estado do Rio de Janeiro (DAGEOP/UERJ) e o Grupo de Estudos da Baía da Ilha Grande da Universidade Federal Fluminense (GEBIG/UFF). A RED também conta com o apoio da Agência de Inovação - Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação (AGIR/PROPPi/UFF) e Pró-Reitoria de Extensão (PROEX/UFF) da Universidade Federal Fluminense.