Ações da Saúde no Setembro Amarelo

Profissionais foram à Japuíba para orientar sobre como lidar com o problema do suicídio

Quinta-Feira, 05/09/2019 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra dos Reis aderiu ao Setembro Amarelo e vem fazendo diversas atividades engajadas nessa grande campanha nacional de conscientização sobre a prevenção ao suicídio. Na quarta-feira, dia 4, equipes da Secretaria de Saúde fizeram um trabalho de mobilização na Japuíba, no Centro de Especialidades Médicas (CEM) do bairro, com panfletagem e orientação. Outras três mobilizações serão feitas: no Centro (próxima terça-feira, dia 10, na Praça do Papão), em Jacuecanga (dia 17, no terminal rodoviário) e no Parque Mambucaba (dia 25, em frente à creche municipal, na avenida Francisco Magalhães de Castro). Sempre das 9h30 às 16h.

Na Japuíba, profissionais do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) e da Área Técnica de Atenção Integral às Pessoas em Situação e Risco de Violência atuaram na panfletagem de material informativo, dando orientações sobre formas de buscar ajuda e atendimento especializado e alertando a população sobre a importância de se discutir o tema.

Houve ainda apresentação de zumba, com o grupo do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) do Campo Belo, e a dinâmica Abraço Grátis, oferecendo abraços como ato humanitário, com o objetivo de descontrair e aproximar as pessoas, fazendo-as se sentirem melhor.

O suicídio é um problema de saúde pública que pode afetar pessoas de qualquer idade, identidade de gênero, origem ou classe social, mas que, atualmente, ainda é cercado por muitos tabus. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), no Brasil, 35 pessoas se suicidam por dia. Em uma sala com 30 pessoas, cinco delas já pensaram em suicídio. Em cada dez casos, nove poderiam ser prevenidos.

– É muito proveitoso podermos levar informações sobre a prevenção ao suicídio. Conhecendo o problema, as pessoas podem cuidar de quem precisa de ajuda – avaliou Élida Ferreira da Conceição, responsável pela Área Técnica de Atenção Integral as Pessoas em Situação e Risco de Violência.

Secretarias relacionadas: Saúde