Sinal verde para obra no canal do Frade

Licenciamento foi aprovado pelo Inea. Contenção das bordas será reforçada e manilhas, substituídas

Quinta-Feira, 03/10/2019 | Superintendência de Comunicação .

Um passo importante para a conclusão do canal do Frade foi dado na última quarta-feira, dia 2. Após uma espera de seis meses, a licença para a execução da obra finalmente foi concedida. O prefeito foi até a sede do Inea, no Parque das Palmeiras, para a assinatura do documento. A obra é necessária para conter a erosão no local e evitar o assoreamento.

O licenciamento levou seis meses para ser concedido, o que gerou contratempos no processo de contratação para a obra, inclusive a necessidade de substituição da empresa contratada, mas com o empenho do prefeito e do superintendente do Inea em Angra, a liberação da obra saiu.

“Quando as pessoas trabalham e colaboram, as coisas acontecem e a gente tem que agradecer”, disse o prefeito ao superintendente, na sede do Inea. “Daqui a pouco começa o período de chuvas. Por isso o início dessa obra é tão importante”, completou o prefeito. De acordo com a Secretaria Executiva de Obras, o início das obras está previsto para dezembro. A previsão de conclusão da obra é de seis meses a partir do início.

A obra está custeada em aproximadamente R$ 1 milhão e servirá para conter as bordas do canal. Na parte baixa do canal, a prefeitura irá completar o muro de contenção em mais 50 metros, paralelamente à rua Beira Rio. Também na parte baixa, na Rua Rio Grande, serão substituídas as manilhas existentes por outras, de concreto pré-moldado e com dimensões maiores. Na parte alta do canal, será feita uma contenção com concreto armado e também em alvenaria de pedra argamassada.