Motoristas recebem orientações para prevenção de acidentes

A 25ª edição do Educapam aconteceu nesta quarta-feira (13), em quatro pontos da Rodovia Rio-Santos

Quarta-Feira, 13/11/2019 | Superintendência de Comunicação .

Milhares de motoristas que trafegaram pela Rodovia Rio-Santos (BR-101), durante esta quarta-feira (13), foram abordados por voluntários que participaram da 25ª edição do Educapam, campanha de conscientização, educação e prevenção de acidentes, que neste ano teve como tema “Um trânsito seguro é feito por pessoas prudentes”. A campanha contou com pontos de abordagens em Angra dos Reis, Itaguaí, Mangarativa e Paraty.
Em Angra, os motoristas receberam, em frente ao posto da Polícia Rodoviária Federal, em Jacuecanga, uma cartilha com dicas importantes para a prevenção de acidentes, como a necessidade do uso da cadeirinha e do cinto de segurança e o respeito aos limites de velocidade. A iniciativa foi aprovada pelos condutores.
- Precisamos mesmo nos reeducar no trânsito, pois os veículos são armas nas nossas mãos. É necessária muita consciência no volante – avaliou a representante comercial carioca, Pâmela Biebe, que estava a caminho de Angra para mais um dia de trabalho.
Agentes da Secretaria Executiva de Proteção e Defesa Civil e da Superintendência de Transporte e Trânsito da Prefeitura de Angra estiveram envolvidos diretamente na campanha. A importância do trabalho em conjunto entre os municípios para a promoção de um trânsito seguro foi lembrada por um agente de trânsito.
- A coletividade das prefeituras e de grandes empresas das quatro cidades é o combustível necessário para que esta campanha tenha continuidade. O objetivo principal é despertar nos usuários do trânsito uma consciência responsável, por meio de uma mensagem simples e objetiva – explicou.
O Educapam surgiu no início de 1994, após a criação do Plano de Auxílio Mútuo da Costa Verde (PAM), que visa estabelecer procedimentos básicos para as ações de cooperação conjunta das instituições integrantes, no controle de eventuais situações de emergências, através da disponibilização de recursos existentes em cada instituição. Diversos órgãos públicos e empresas integram o PAM, entre elas estão as prefeituras, Polícia Rodoviária Federal, Eletrobras Eletronuclear e Transpetro.