A infância de Cristo representada na arte sacra

A nova exposição do Museu de Arte Sacra já pode ser conferida pelo público

Quarta-Feira, 04/12/2019 | Superintendência de Comunicação .

Moradores de Angra dos Reis e turistas que visitarem a cidade podem conferir, no Museu de Arte Sacra, a exposição “O Menino de Belém, do Mundo e de Todos Nós: A Infância de Cristo representada através da Arte Sacra”. A mostra foi aberta nessa terça-feira (3) e ficará disponível para visitação até o dia 1º de março de 2020, de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h, e aos sábados e domingos, das 9h às 13h. A entrada é gratuita.
Segundo a coordenadora de Patrimônio Histórico e Cultural de Angra dos Reis, na exposição os visitantes poderão conhecer representações do Menino Jesus e de sua Sagrada Família em diversos suportes, como madeira, argila, tecido e papel.
- O Natal é a comemoração do nascimento do próprio Deus em forma humana. A figura do Menino Jesus em um presépio, deitado em palhas, nos desperta as mais belas coisas: a humildade, a singeleza e a grandeza de Deus – comentou.
A primeira representação do presépio foi criada por São Francisco de Assis, em 1223. Em companhia de Frei Leão e com a ajuda de Giovanni Vellina, ele montou em uma gruta, na região de Greccio, na Itália, a encenação do nascimento de Jesus.
- Os antigos cristãos já se utilizavam de representações plásticas para refletir sobre o nascimento de Cristo desde o século III, mas foi São Francisco, com a representação teatral de um presépio vivo que norteou os presépios atuais, sendo considerado o patrono desta tradição Cristã – explicou a coordenadora de Patrimônio Histórico e Cultural, antes de complementar: “a partir do Século XVI, as figuras, antes entalhadas em relevo nas igrejas, passaram a ser esculpidas em separado evoluindo para as formas que vemos nos dias atuais”.
A exposição “O Menino de Belém, do Mundo e de Todos Nós: A Infância de Cristo representada através da Arte Sacra” é organizada pela Prefeitura de Angra, por meio da Secretaria Executiva de Cultura e Patrimônio.