Angra contra o sarampo

População entre seis meses e 49 anos deve ser vacinada

Quarta-Feira, 15/01/2020 | Superintendência de Comunicação .

Seguindo a orientação da Secretaria de Estado de Saúde, Angra dos Reis iniciou, nesta semana, a campanha de intensificação da imunização contra o sarampo. As doses estarão disponíveis até o dia 13 de março nas unidades básicas de saúde que possuem sala de vacina. O público-alvo é a população entre seis meses e 49 anos, que ainda não foi imunizada. É recomendado que na ida ao posto de saúde as pessoas levem a caderneta de vacinação.
De acordo com a diretora de Saúde Coletiva do município, haverá dois Dias D de vacinação em Angra dos Reis. “Realizaremos o Dia D nos sábados, dia 1º de fevereiro e 7 de março. Nosso público-alvo pode se estender até pessoas com 59 anos”, explicou a médica.
De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, a expectativa é que, este ano, ocorram no Rio de Janeiro mais de dez mil casos da virose, que, em 2016, estava erradicada no Brasil. A imunização é a única forma de prevenção.
O esquema vacinal contra o sarampo está disponível durante todo o ano na rede pública de saúde para as faixas etárias recomendadas. Porém, com a iminência do aumento expressivo do número de casos, a orientação é que a população busque as unidades básicas de saúde o quanto antes para receber a dose.

SARAMPO
O sarampo é uma doença altamente contagiosa, sendo transmitida por meio da fala, tosse e espirro. A pessoa com sarampo pode apresentar mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite.
Pessoas com suspeita de sarampo, imunocomprometidas, gestantes e crianças com menos de seis meses não devem receber a vacina. Alérgicos à proteínas do leite de vaca devem informar a condição ao profissional de saúde no posto de vacinação para que recebam a dose feita sem esse componente.

Secretarias relacionadas: Saúde