Prefeitura decreta novas medidas de combate à Covid-19

A partir de amanhã (22) estará permitida a abertura de óticas, salões de beleza, escritórios de profissionais liberais e outros segmentos do comércio

Terça-Feira, 21/04/2020 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra definiu novas estratégias de enfrentamento e prevenção à Covid-19 no município. O Decreto nº 11.625, publicado no Boletim Oficial de hoje (21), no site www.angra.rj.gov.br, contém soluções para a transição das medidas já estabelecidas (Decretos 11.612, 11.611, 11.610, 11.602, 11.599 e 11.596) em direção ao regime de Distanciamento Social Seletivo (DSS) previsto pelo Ministério da Saúde.

As medidas de isolamento social foram prorrogadas até o dia 6 de maio, com exceção das atividades comerciais essenciais já previstas pelos decretos anteriores e a inclusão da permissão do funcionamento de escritórios de advocacia, contabilidade, engenharia, arquitetura e demais profissionais liberais, lojas de tecidos e materiais de aviamento, salões de beleza, cabeleireiros e barbeiros (exclusivamente para atendimento por agendamento) e lojas de manutenção e venda de bicicletas.

Os restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos congêneres podem continuar funcionando com capacidade de lotação restringida a 50%, com o horário de atendimento presencial até as 22h, porém, a venda de bebida alcoólica para consumo fica proibida.

– Com muita responsabilidade vamos flexibilizar a abertura de alguns setores do comércio, para ajudar na economia, com a condição de que não haja aglomeração. Não podemos, por enquanto, abrir todo o comércio. Vamos fazer devagar, com calma. Mas, se constatarmos que a curva do coronavírus piorou, podemos voltar atrás – informa o prefeito.

De acordo com o novo Decreto, os estabelecimentos em funcionamento deverão controlar a lotação de pessoas, incluindo clientes e funcionários, e organizar filas do lado de fora, se for necessário. Além disso, os comércios terão que se organizar para funcionar em horários diferenciados no atendimento aos consumidores do grupo de risco. Medidas de higiene e proteção também deverão ser respeitas, entre elas, o fornecimento de máscaras e álcool gel 70% para funcionários e clientes, a higienização dos sanitários de forma constante e a disposição de sabonete líquido, papel toalha e lixeira.

Em relação às instituições bancárias, há também uma nova determinação. Elas deverão instituir horário diferenciado para o atendimento do grupo de risco e dos consumidores que buscam atendimento relacionado aos benefícios sociais do poder público.

USO DE MÁSCARAS

Outra medida adotada pelo município é o uso de máscaras pela população nos espaços abertos ao público ou de uso coletivo, inclusive os comerciais. Vale ressaltar que os veículos de transporte público coletivo, de táxi e transporte remunerado privado individual de passageiros também são considerados de uso coletivo. Podem ser usadas máscaras de confecção caseira, conforme as orientações do Ministério da Saúde.

– A prefeitura vai distribuir máscaras nas ruas de todo o município, mas não temos como distribuir para toda a população. É importante que àqueles que podem, assim como as empresas, comprem as máscaras produzidas pelas artesãs e pelos artesãos da nossa cidade. Isso vai gerar renda para quem produz e ajudar na proteção das pessoas – orienta o prefeito.

Todas as medidas de transição para o presente regime de Distanciamento Social Seletivo (DSS) serão reavaliadas semanalmente pelo Gabinete de Crise, seja para aumentar ou mesmo para restringir, a partir de estudos de casos de controle epidemiológico e informações técnicas e científicas disponibilizadas pelos órgãos competentes, não gerando direito à permanência definitiva de funcionamento.

– Angra saiu na frente e está preparada para encarar a pandemia de coronavírus. Contratamos 100 leitos na Santa Casa, sendo 40 com respiradores. Não é qualquer cidade do interior ou até mesmo grande cidade que tem esse equipamento. Contratamos profissionais de saúde e montamos as tendas de Pré-Atendimento Covid-19, em frente aos SPAs, hospitais e UPA, para fazer a triagem dos pacientes, entre outras ações. Eu vou continuar lutando para defender a saúde dos nossos moradores – declara o prefeito.