Defesa Civil segue vistoriando estabelecimentos na pandemia

Organização de filas nas Lojas Cem e espaçamento correto entre os clientes do comércio foram discutidos em reunião na última terça-feira (12)

Quarta-Feira, 13/05/2020 | Superintendência de Comunicação .

A Defesa Civil de Angra dos Reis segue atuante no auxílio à luta contra a pandemia de Covid-19. Depois de identificar a formação de grandes filas nas Lojas Cem, no Centro, os profissionais da instituição, em conjunto com a Superintendência de Transporte e Trânsito, isolaram a área de estacionamento próxima ao estabelecimento, não permitindo que automóveis parem em frente à loja, aumentando assim o espaço para a acomodação segura das pessoas.

Na última terça-feira (12), a Defesa Civil organizou uma reunião com os proprietários da loja, com o objetivo de fazer valer os decretos municipais referentes à pandemia, principalmente quanto à organização da fila, tanto dentro do estabelecimento quanto fora dele.

O gerente-geral da cadeia de lojas esteve pessoalmente em Angra dos Reis e, a partir da postura correta do estabelecimento, entendendo a necessidade de organização, já foram efetuadas mudanças muito positivas quanto ao funcionamento dela.

Foram realizadas marcações internas e externas do espaçamento entre as pessoas, de um metro e meio, assim como alguns funcionários estão trabalhando diretamente na organização das filas.

– Ao fazermos uma visita recente ao estabelecimento, vimos um local bem mais organizado, com uma fila correta e com funcionários ajudando os clientes – relata o secretário-executivo de Proteção e Defesa Civil.

A Defesa Civil tem colocado três carros de som nas ruas, de segunda a segunda, rodando por todo o município e informando à população sobre a necessidade de ficar em casa. Também está efetuando a fiscalização para fazer valer os decretos municipais relacionados à pandemia, principalmente na questão da aglomeração e dos comércios, com três equipes em toda a cidade (uma no Centro, uma no lado oeste e uma no lado leste de Angra).

– O intuito é estar orientando, mas temos que ser duros caso haja a necessidade. Estamos auxiliando também por meio das redes sociais. Além disso, sempre que percebemos a existência de aglomeração em algum local da cidade, tentamos conscientizar a população da necessidade de ficar em casa – explica o secretário-executivo de Proteção e Defesa Civil.

A população pode ajudar a Defesa Civil respeitando as recomendações dadas pelas autoridades, o isolamento e o distanciamento entre as pessoas, assim como utilizar as máscaras de proteção e sempre fazer a higiene das mãos com álcool gel ou água e sabão. No caso de conhecimento referente a algum descumprimento quanto aos decretos municipais voltados à pandemia de coronavírus, qualquer um pode denunciar pelos telefones (24) 99981-1406 / (24) 3365-3254.