Grupo de trabalho irá planejar futura retomada das aulas

Sua função será elaborar ações pedagógicas, administrativas, de infraestrutura e de saúde necessários à retomada das aulas presenciais

Segunda-Feira, 22/06/2020 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra publicou na sexta-feira (19), no Boletim Oficial nº 1187, a Portaria 275, que institui o Grupo de Trabalho para planejamento das ações visando a retomada das aulas presenciais nas unidades da rede pública municipal de ensino.

De acordo com a secretária de Educação, a portaria não define uma data para o retorno das aulas, mas trata da estruturação de um plano para que isso ocorra com segurança, quando for possível.

- Em momento nenhum, a portaria citou data. Montamos um grupo que vai elaborar, a partir de estudos de protocolos internacionais e nacionais, um protocolo local que teremos que seguir quando as aulas presenciais forem retomadas. Essa é uma medida que todos os municípios do país terão que tomar. É preciso lembrar que, em Angra dos Reis, todas as decisões sobre o retorno das aulas presenciais serão validadas tanto pelo Conselho Municipal de Educação quanto pela autoridade sanitária municipal, que é o secretário de Saúde – explica a secretária, que coordena o grupo de trabalho.

O grupo, formado por representantes das Secretarias de Educação, Saúde e Desenvolvimento Social e Promoção da Cidadania e do Conselho Municipal de Educação, irá planejar e sistematizar ações pedagógicas, administrativas, de infraestrutura, de assistência social, dos protocolos sanitários e de saúde necessários à retomada das aulas.

- A data do retorno das aulas será definida, com muita responsabilidade, a partir de dados, análises, parâmetros de dados sobre a Covid-19, nos âmbitos nacional, estadual e municipal, além de orientações da Organização Mundial da Saúde e do Ministério da Saúde. O dia que tivermos a autorização para a retomada das aulas presenciais, o prefeito comunicará oficialmente à população e as famílias receberão todas as instruções necessárias – finaliza a secretária de Educação.