Angra busca avanços no projeto da Marina Porto São Bento

O assunto foi tratado ontem pelo prefeito e o secretário nacional de Atração de Investimentos, Parceria e Concessões

Quarta-Feira, 29/07/2020 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra está buscando junto ao Governo Federal a realização de um projeto que vai requalificar o centro da cidade, tanto para seus habitantes quanto para o turismo: a Marina Porto São Bento. Para tratar do assunto, o prefeito realizou nessa terça-feira (28) uma videoconferência com o secretário nacional de Atração de Investimentos, Parceria e Concessões do Ministério do Turismo.

No encontro virtual, que também foi acompanhado pelos secretários de Governo e Relações Institucionais, Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade e Desenvolvimento Econômico, o prefeito apresentou um dos principais entraves que impede o avanço do projeto.

- Vivemos um impasse burocrático com a Companhia Docas em relação ao Lote 4, área para qual a Marina São Bento foi pensada. O projeto já está pronto e há, inclusive, investidor para o empreendimento, que será aberto ao público e vai mudar a cara de Angra dos Reis. Tenho certeza de que o presidente, que ama a nossa cidade e é um defensor da qualificação do nosso turismo, vai apoiar o projeto – destaca o prefeito ao representante do Ministério do Turismo.

A ideia é que a Marina Porto São Bento conte com terminal internacional para a parada de transatlânticos, marinas seca e molhada, hotel e centro de convenções, entre outras benfeitorias.

- O projeto vai transformar Angra na sonhada Cancún brasileira. Para isso, precisamos solucionar a insegurança jurídica que há em relação a Docas. O município hoje é titular da área do Lote 4, mas, apesar de já ter perdido em duas instâncias, a Companhia Docas continua recorrendo na justiça a posse do espaço. É uma questão de fácil solução, basta um entendimento – explica o secretário de Governo.

Após ouvir os representantes do município, o secretário nacional de Atração de Investimentos agendou para a próxima semana, em Brasília, uma reunião para conhecer o projeto e discutir mais a fundo o impasse.

- O nosso objetivo é analisar o projeto e resolver, com foco, o que está pendente para que este projeto saia o quanto antes do papel – afirma o secretário, informando que, além de receber o prefeito e demais membros do governo municipal, convocará para o encontro representantes da Companhia Docas e do Ministério da Infraestrutura.