Decreto libera a realização de festas e eventos corporativos

Para evitar novos contágios de Covid-19, regras devem ser seguidas

Quinta-Feira, 27/08/2020 | Superintendência de Comunicação .

A Prefeitura de Angra dos Reis publicou um decreto ontem (26) liberando a realização de eventos corporativos e festas comemorativas, como aniversários e casamentos. Porém, eles devem seguir regras rígidas para evitar o contágio de mais pessoas pelo coronavírus.
A primeira medida a ser tomada por quem deseja realizar algum desses eventos é solicitar uma autorização prévia, protocolada com no máximo sete dias de antecedência da data da festividade, na TurisAngra. Os pedidos deverão ser protocolados pelos cerimonialistas/assessores de eventos, contendo informações como local e número de convidados.
A capacidade de público será calculada com a disponibilidade de 9m² de área por pessoa, seja ele salão de festas e eventos, centro de convenções em hotéis ou restaurante, respeitando o número máximo de 50 pessoas.
Há outras regras como, por exemplo, a obrigatoriedade do uso de máscaras, distanciamento social, disponibilização de álcool em gel e a proibição de pista de dança. As normas a serem seguidas foram publicadas detalhadamente no Boletim Oficial do Município de ontem (26), disponível no site www.angra.rj.gov.br.
Além da liberação das festas e eventos corporativos, o decreto 11.729 trouxe outras novidades. A partir de agora já podem ser realizadas as feiras de artesanato, e os servidores da prefeitura que estavam se revezando terão que retornar para cumprir a jornada completa de trabalho presencialmente. A exceção fica por conta de servidoras gestantes e lactantes, maiores de 60 anos, portadores de doenças crônicas não infecciosas, neuropatias, imunossuprimidos e profissionais da educação que exerçam suas atividades nas unidades escolares.
Também estão liberadas as atividades práticas nos cursos da área de saúde em instituições de ensino superior, em especial, medicina, enfermagem, farmácia, odontologia e fisioterapia, conforme Decreto Estadual de nº 47.195 DE 04/08/2020.