Costa Verde planeja ordenamento turístico unificado

Prefeitos de Angra, Paraty e Mangaratiba estiveram reunidos nesta sexta-feira (15) para discutir as ações necessárias

Sexta-Feira, 15/01/2021 | Superintendência de Comunicação .

Ressignificar o turismo da Costa Verde. Foi com essa missão que os prefeitos dos municípios de Angra dos Reis, Paraty e de Mangaratiba estiveram reunidos nesta sexta-feira (15). O encontro, organizado pela Fundação de Turismo de Angra dos Reis (TurisAngra), contou com a presença de autoridades civis e militares da região.

A ideia principal para a promoção do novo turismo da Costa Verde é unificar o ordenamento e as taxas e mudar o perfil do cliente das três cidades, promovendo um turismo com ordenamento, qualidade, responsabilidade e sustentabilidade.

- As três cidades se completam em belezas e cultura e a nossa baía dá de 10 a 0 em muitos lugares famosos do mundo. Se não fizermos o ordenamento e escolhermos o modelo de turismo que desejamos, alguém vai fazer esta escolha por nós, pela nossa ausência. Vivemos uma oportunidade única com o apoio do presidente e não podemos desperdiçá-la. Vamos trabalhar juntos, com o mesmo pensamento – refletiu o prefeito de Angra ao lado do seu vice.

O mesmo pensamento foi compartilhado pelo prefeito de Paraty, que também sugeriu parceria entre os municípios para áreas como a saúde e a segurança.

- O nosso complexo turístico já perdeu muito por falta de ordenamento. Temos que assumir nosso papel. Nossa obrigação e buscar isso junto aos demais órgãos – afirmou.

O município de Mangaratiba também está imbuído nesta tarefa conjunta. “Somente com união será possível mudar o que está errado, mesmo que para isso sejam necessárias medidas impopulares”, comentou o prefeito.

Quem também se colocou à disposição do novo turismo da Costa Verde foi a deputada estadual angrense. “Me apresento como um soldado da região. Estamos vivendo um momento ímpar de pactuação administrativa e alinhamento político”, disse.

Presente à reunião, o comandante da Capitania dos Portos do Rio de Janeiro classificou o encontro como uma iniciativa sensacional.

- Não podemos pensar no ordenamento turístico de uma das três cidades, sem pensar nas duas demais. Esta será uma oportunidade se trabalharmos juntos, envolvendo os mais diversos meios, para integrarmos as esferas de poder – avaliou o representante da Capitania, colocando a Marinha do Brasil à disposição dos municípios para a criação de um convênio de ordenamento costeiro da região Costa Verde.

Também participaram da reunião representantes da Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro (Detro), além de vereadores de Angra dos Reis.

- Nossa missão agora será promover agendas propositivas e boas estratégias em busca de um turismo de qualidade, com ordenamento, responsabilidade e sustentabilidade para toda a Costa Verde – finalizou o superintendente de Desenvolvimento Turístico de Angra dos Reis.