Recuperação ambiental no Encruzo da Enseada

Plantio é mais uma iniciativa do projeto do Parque da Cidade

Segunda-Feira, 22/02/2021 | Superintendência de Comunicação .

O Instituto Municipal do Ambiente de Angra dos Reis (Imaar) coordenou neste mês o plantio de mudas de espécies nativas do bioma Mata Atlântica em uma área de 4,5 mil m², no Encruzo da Enseada, dentro dos limites do Parque Natural Municipal da Mata Atlântica (Parque da Cidade). A ação teve como objetivo a recuperação ambiental da área, que estava degradada.

– Esta ação teve custo zero para a Prefeitura de Angra, pois foi executada por meio de compensação ambiental, que é um mecanismo utilizado pelo Imaar no licenciamento de obras e demais atividades de terceiros. Na compensação ambiental, esses terceiros precisam custear ações como essa, de recuperação, como forma de compensar os impactos sociais e ambientais de seus empreendimentos – explica o superintendente de Meio Ambiente do Imaar.

A proposta do instituto é aplicar na área do Parque da Cidade outras ações semelhantes de compensação ambiental, na medida em que forem surgindo. O Imaar já deu início ao projeto de sinalização do parque, que é a colocação de placas informativas sobre os atrativos e de localização.

O PARQUE
O Parque da Cidade foi criado através de decreto em 2017. A unidade de conservação envolve a parte alta dos morros da Carioca, Santo Antônio, Caixa D’Água, Carmo, Peres, Glória, e da Cruz; seguindo também por cima do Encruzo, Enseada, Retiro, Ribeira, Vila Velha, Praia Grande, Bonfim e Colégio Naval.

Os objetivos que levaram o governo municipal a criar o parque se agrupam em três eixos centrais: preservação ambiental, controle do uso e ocupação do solo e potencialização do turismo ambiental e ecológico. Sobre o turismo, o Parque da Cidade busca atrair mais turistas para a área central do município, sendo considerado um futuro gerador de emprego e renda no setor, integrado com a conservação da biodiversidade.

Mais informações sobre o parque: http://parquedacidade.angra.rj.gov.br/