Incentivo à Produção Agrícola

Programa de incentivo ao cultivo de palmito pupunha, banana e outras culturas

Agroindústria de Palmito

Visando otimizar a produtividade, a Subsecretaria de Agricultura dispõe de corpo técnico apto a atender aos produtores rurais em suas propriedades, avaliando suas potencialidades e instruindo quanto ao manejo das culturas implantadas, visando otimizar a produtividade. Cabe ressaltar que este programa é realizado em parceria com a Emater-Rio(Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Rio de Janeiro).

O programa de incentivo da cultura da pupunheira e da bananicultura consiste na distribuição de mudas para os produtores rurais cadastrados na Subsecretaria de Agricultura que tenham propriedade com área mínima de 2 ha (dois hectares) e que atendam os critérios de viabilidade técnica e ambiental.

A subsecretaria também incentiva as culturas do milho, quiabo e de hortaliças, fornecendo sementes e informação técnica para a implantação e renovação das lavouras.

Inclusão da produção rural local na merenda escolar

Em parceria com a Secretaria de Educação e Emater-Rio, a Subsecretaria de Agricultura participa do processo de inclusão na merenda escolar de gêneros alimentícios produzidos no município. O processo de compra se baseia na Lei 11947 de 16 de junho de 2009 e da Resolução FNDE N° 38 de 16 julho de 2009, que garante a utilização de no mínimo trinta por cento dos recursos para a aquisição de gêneros alimentícios diretamente da Agricultura Familiar e do Empreendedor Familiar Rural ou suas organizações. Em 2013, já são 42 produtores do município participando do programa com a entrega de 4,712 t/mês de aipim, 3,125 t/mês de banana passa, 11,058 t/mês de banana prata, 2,5 t/mês de palmito, 329 kg/mês de mel e 2,057 t/mês de bananada sem açúcar.

A Subsecretaria de Agricultura auxilia os produtores rurais com infraestrutura para o escoamento da produção, assistência técnica, bem como na orientação para se adequarem às normas estabelecidas pelo programa.

Programas de hortas domésticas e comunitárias

Incentivo a criação de hortas domésticas, comunitárias, escolares e de entidades filantrópicas com fornecimento de diversas sementes de hortaliças e material informativo quanto ao plantio e tratos culturais.

A Subsecretaria de Agricultura mantém a distribuição de sementes* de hortaliças durante todo ano em sua sede, nas Associações de Produtores Rurais e grupos formais cadastrados nesta subsecretaria.

A Campanha de Distribuição de Sementes respeita o seguinte calendário, levando em conta a melhor época para plantio:

  • Março à Agosto: alface, salsa, cebolinha, mostarda, rabanete, beterraba, cenoura, coentro, repolho, couve.
  • Setembro à Fevereiro: jiló, berinjela, pimentão, pepino, abobrinha, quiabo e milho.

ATENÇÃO: Para receber as sementes deve-se dirigir aos locais de distribuição portando documento de identificação.

Programas de manutenção de estradas vicinais

Programa de apoio à manutenção de estradas vicinais

A Subsecretaria realiza manutenção permanente das estradas vicinais, evitando transtornos e prejuízos às comunidades rurais de todo Município.  Para isto, dispõe de uma equipe de composta por profissionais para realização destes serviços, além de patrulha mecanizada composta por equipamentos necessários para a execução dos mesmos.

Os principais serviços executados neste programa são: limpeza e roçagem das margens; abertura dos canais e colocação de canaletas de drenagem de águas fluviais; corte, armazenamento e distribuição de saibro e brita corrida nas estradas; terraplanagem das estradas; canalização e manutenção de pequenos córregos que cortam as estradas; construção e manutenção de pontes e passarelas.

Programa de imunização do rebanho

Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa

Campanha de vacinação contra Febre Aftosa

Ocorre através de aquisição de vacinas que são repassadas, sem custos, ao produtor, durante os meses de maio a novembro. Atualmente o município se mantém em destaque no Estado do Rio de Janeiro, pois a campanha atinge 100% do rebanho vacinado e livre da enfermidade.

Prejuízos ao produtor rural:

  • Interdição da propriedade
  • Proibição do trânsito de animais e comercialização de seus produtos e subprodutos.
  • Sacrifício de animais.

Campanha de vacinação contra a Raiva dos Herbívoros

A vacinação contra a Raiva dos Herbívoros visa livrar os produtores de altos prejuízos causados pela incidência desta enfermidade, que poderia causar, também, graves danos à saúde pública, devido à possibilidade de transmissão ao homem, levando a morte. È uma zoonose.

  • Bovídeos: vacinação no mês de maio;
  • Equídeos: vacinação no mês de julho.

Campanha de vacinação contra a Brucelose

Campanha de vacinação contra a Brucelose

A vacinação contra a Brucelose, que ocorre no mês de março, mas se estende pelo ano inteiro, visa imunizar bezerras de 3 a 8 meses, prevenindo a manifestação desta enfermidade nas fêmeas leiteiras adultas o que causaria prejuízos econômicos aos produtores, além de riscos a contaminação humana através do leite e queijo contaminado. É uma zoonose.

Apoio as Agroindústrias

Assistência técnica

A Subsecretaria de Agricultura apoia os programas de incentivo a industrialização rural desenvolvidas pela EMATER junto aos agricultores familiares. O programa os orienta no processo de industrialização visando agregar valor aos produtos aumentando a renda do agricultor, gerando empregos e melhoria da qualidade de vida da área rural.

Hoje o município conta com uma agroindústria de processamento de mel, uma processadora de ovos de codorna, uma de doce de leite e uma queijaria; uma agroindústria de produção de banana passa (incentivadas pelo programa estadual PROSPERAR) e duas agroindústrias de processamento do palmito.

Programa de Mecanização Agrícola

Mecanização Agrícola

Este programa oferece, sem custos de operação, serviço de aração e gradagem aos produtores rurais do município, de modo a incentivar o aumento das áreas de plantio, consequentemente aumentando a produção em todo o município.  Ao agricultor cabe fazer o preparo da área, bem como garantir a alimentação e suporte para o trabalho do operador da máquina.

Programa de incentivo à piscicultura de água doce

Incentivo à piscicultura de água doce

Os interessados devem abrir solicitação no protocolo da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis.  O técnico da subsecretaria de agricultura vai até o local para avaliar as condições da propriedade. Depois esse processo é encaminhado para Secretaria de Meio Ambiente para análise.

Esse programa visa aumentar e diversificar a produção de alimentos como também criar alternativas de renda para o produtor rural do município, a Subsecretaria de Agricultura mantém um programa de incentivo a piscicultura de água doce com abertura de tanques em propriedades nas diversas comunidades do município.

São serviços realizados pela Subsecretaria de Agricultura: avaliação técnica das áreas dos produtores interessados em aderir ao programa; assistência técnica para dimensionamento dos tanques, análise de qualidade de água e indicação das espécies adequadas ao cultivo; serviços de trator para abertura dos tanques;

Programas de feiras de produtores rurais

A Subsecretaria organiza e coordena as atividades das feiras de produtores rurais do Centro (Praça Zumbi dos Palmares e Rua das Palmeiras) e Parque Mambucaba, promovendo a padronização e estruturação das mesmas, além de disponibilizar serviços de assistência técnica.

Feira de produtores rurais na Rua das Palmeiras
Feira de produtores rurais na Praça Zumbi dos Palmares