Lâmpadas queimadas serão trocadas em até 48 horas

Consórcio Luz de Angra prometeu normalizar os atendimentos até o final de setembro

Quarta-Feira, 25/08/2021 | Superintendência de Comunicação .

O Consórcio Luz de Angra está atuando na cidade há quase seis meses e, nesta semana, os serviços de iluminação pública prestados foram avaliados em uma reunião. Liderado pelo prefeito, o encontro contou com a participação dos secretários de Governo, Obras e o de Planejamento, além de representantes do consórcio.

De março a julho deste ano, foram 5.229 atendimentos à população. De acordo com o Luz de Angra, neste período foram identificadas três áreas mais críticas, onde há maior dificuldade para a realização dos serviços: ilhas, áreas rurais e morros. Nestes locais, a expectativa é de que sejam instaladas quatro mil luminárias, entre setembro e dezembro.

Paralelo à manutenção nos bairros, o Luz de Angra vem investindo na modernização de praças e quadras, com a instalação de iluminação 100% LED. No total, 16 praças e quadras já foram contempladas, entre elas as quadras do Camorim Pequeno e Frade.

O prefeito reclamou da demora na troca de lâmpadas queimadas e cobrou mais agilidade. O consórcio admitiu uma dificuldade inicial, informando que ainda é pequena a parcela da população que liga para o call center (0800-0243236), mas houve um compromisso de que isso vai mudar. O objetivo é de que, até o final de setembro, todas as solicitações feitas por meio do call center sejam atendidas em até 48 horas.

Também foi discutido o lançamento de uma campanha, envolvendo alunos das escolas municipais, para a escolha do projeto de iluminação dos monumentos e prédios históricos. Essa ideia será aprofundada com a Secretaria de Educação. O prefeito também quis saber sobre o andamento da iluminação especial de Natal, cujo projeto executivo deve ser apresentado até o final deste mês.