Leilão de concessão da Rio-Santos

Prefeito de Angra acompanhou presencialmente na Bolsa de Valores de São Paulo. Projeto prevê duplicação e melhorias

Sexta-Feira, 29/10/2021 | Secretaria Executiva de Comunicação .

Foi realizado nesta sexta-feira (29), na Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, o Leilão de Concessão do Sistema Rodoviário da BR-116/101 RJ/SP, a Rodovia Presidente Dutra, que liga as regiões metropolitanas de São Paulo e do Rio de Janeiro. Faz parte do pacote a Rodovia Rio-Santos, que com isso será reformada e duplicada. Esta é a expectativa do prefeito de Angra dos Reis, um apoiador deste projeto. A CCR foi a empresa vencedora do leilão.

- A concessão da Rodovia Presidente Dutra, que é a estrada mais importante do país, a Rio-São Paulo, vence agora no final do ano, por isso a necessidade deste leilão. Neste edital, o ministro Tarcísio, com muita inteligência, colocou que quem ganhar o leilão da Dutra, tem que levar a Rio-Santos também. É a maneira que temos para duplicar a Rodovia Rio-Santos e seus túneis, de arrumar a estrada decentemente, com a iniciativa privada. Há 20 anos se promete essas melhorias e nada foi feito. Hoje a Rio-Santos está um horror, o turismo está sem uma boa estrada e não existe um aeroporto compatível com a demanda elevada – ressaltou o prefeito.

O prefeito, que participou de audiências públicas e se reuniu com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, para tratar do assunto, acompanhou o leilão pessoalmente. A concessão abrange 625,8 km de extensão e prevê o investimento de R$ 14,83 bilhões, custos operacionais de R$ 10,9 bilhões e geração de 218,743 mil empregos (diretos, indiretos e efeito-renda).

O projeto consiste na proposta de concessão, pelo prazo de 30 anos, prorrogável por até cinco anos, de infraestrutura e de prestação do serviço público de recuperação, conservação, manutenção, operação, implantação de melhorias e ampliação de capacidade do sistema rodoviário BR-101/116/RJ/SP, visando garantir a segurança e fluidez do tráfego.