Chuvas: Prefeitura de Angra atua para minimizar impactos

As equipes da Defesa Civil e do Serviço Público, com o apoio de várias secretarias do governo, continuam em campo para atender a população

Sábado, 18/12/2021 | Secretaria Executiva de Comunicação .

Alto índice pluviométrico foi registrado na cidade de Angra dos Reis nessa sexta-feira (17), principalmente na região da Serra D´Água e da serra que faz divisa com São Paulo. Algumas ocorrências foram registradas, mas não houve vítimas. Várias secretarias da prefeitura estão mobilizadas para atender e garantir a segurança dos moradores.

O primeiro SMS de alerta foi enviado pela Defesa Civil às 14h50, pelo 40199, número pelo qual os moradores podem se cadastrar para receber todas as atualizações, informando o CEP de sua residência.

Mais de 15 pontos de deslizamento foram constatados na RJ-155, estrada que liga Angra ao distrito de Lídice, em Rio Claro. Seis deles foram de grande porte. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade, por meio da Defesa Civil, Obras e Serviço Público, com o apoio da Superintendência de Trânsito (Segurança Pública), trabalhou durante toda a noite e madrugada e, às 2h40, conseguiu liberar parcialmente a via. Todos os carros que estavam presos foram liberados, sem nenhuma vítima.

No momento, a RJ-155 está em meia pista e o tráfego flui em esquema de pare e siga. A orientação é que os motoristas conduzam com muita atenção e velocidade reduzida, pois a pista ainda está com muito barro. A Defesa Civil e o Serviço Público continuam trabalhando no local para garantir a segurança da população que trafega na estrada.

Segundo a Defesa Civil, houve transbordo de rios e alagamentos nos seguintes bairros: Japuíba, Ariró, Bracuí, Santa Rita e Banqueta. Não houve vítimas. As equipes de engenharia estão em campo neste momento fazendo vistoria nos imóveis afetados.

Em caso de emergência, os moradores podem solicitar o apoio da Defesa Civil pelos telefones 199 e 3365-4588.