Maricultores de Angra recebem visita da FIPERJ

Acompanhadas de profissionais da Prefeitura, as equipes percorreram fazendas marinhas e cercos flutuantes para ouvir demandas da população

Quarta-Feira, 16/03/2022 | Secretaria Executiva de Agricultura, Aquicultura e Pesca .

Com o objetivo de buscar soluções para desenvolver ainda mais as atividades de aquicultura na Costa Verde, técnicos da Fundação do Instituto de Pesca do Estado do Rio de Janeiro (FIPERJ) e da Prefeitura de Angra dos Reis percorreram regiões de produção de mexilhões, ostras, vieiras e algas, além de cercos flutuantes, para conversar e auxiliar os pescadores artesanais que atuam nestas localidades.

As equipes ainda se reuniram com representantes da Associação dos Maricultores da Baía da Ilha Grande (Ambig), que apresentaram uma carta com demandas que poderão contribuir para o avanço da atividade, beneficiar os profissionais e fomentar a economia local.

Entre as principais necessidades, estão a de aceleração dos processos de aforamento e cessão de uso pela Secretaria de Patrimônio da União, o fornecimento de sementes de vieiras a produtores afetados pela recente mortandade ocorrida na região, a implementação do Programa Estadual de Sanidade Animal em Moluscos Bivalves e a instalação de uma Unidade de Beneficiamento de Moluscos.