117 professores convocados para a rede municipal de educação

Profissionais preencherão vagas de docente I, docente II, especialista em desportos, inspetor, berçarista e monitor de educação especial

Quinta-Feira, 15/09/2022 | Secretaria Executiva de Comunicação .

A rede pública municipal de educação de Angra dos Reis recebeu um grande reforço nesta semana: 117 novos profissionais que irão fortalecer o núcleo pedagógico das diversas escolas municipais da cidade. Na manhã e na tarde dessa quarta-feira, 14 de setembro, no Teatro Municipal, os profissionais convocados participaram de um encontro e coffee break com representantes da Secretaria de Governo, Secretaria de Educação, Juventude e Inovação, Secretaria de Administração, Secretaria Executiva de Recursos Humanos, AngraPrev e RJ Prev.

– Cada professor que entra em nossa rede faz com que o aluno passe mais tempo estudando. O ganho para a população é sempre direto. Haverá muita melhoria na qualidade da educação. A convocação desses profissionais trará também maior qualidade de trabalho e valorização profissional. É um momento muito importante neste período de pós-pandemia. A formação profissional de Angra é muito boa. Os cursos de formação de professores formam excelentes professores. A maior parte dos profissionais convocados hoje ser de Angra faz toda a diferença. É um compromisso da prefeitura com a cidade – comentou Paulo Fortunato, secretário de Educação, Juventude e Inovação.

Os profissionais, em sua maioria oriundos de Angra, irão começar de imediato suas funções nas escolas públicas municipais. Ao todo, foram convocados 103 profissionais para os cargos de docente I, três para os cargos de docente II, quatro para os cargos de berçaristas, quatro para os cargos de monitores de educação especial, dois para os cargos de inspetores e um para o cargo de especialista em desportos.

– Essa convocação veio em um momento fundamental para mim. A equipe do RH da prefeitura nos ajudou perfeitamente no processo de admissão. Os servidores deram suporte e atendiam ao telefone de imediato, foram maravilhosos. Só tenho a agradecer o acolhimento. A minha expectativa é muito boa para começar logo. Espero fazer o meu melhor aqui em Angra. Eu tenho um carinho especial por esse lugar – comentou Vanessa de Ávila, 41 anos, professora de artes vinda de Barra Mansa.

Já na manhã desta quinta-feira, 15, na Escola Municipal Júlio César Laranjeiras, os profissionais para os cargos de docente I receberam as boas-vindas do secretário Paulo Fortunato e de toda a equipe da Educação. Os professores foram contemplados com um notebook para o desenvolvimento de seus planejamentos de aulas e projetos educacionais. Por ordem de colocação no concurso, os novos funcionários puderam escolher as escolas em que irão trabalhar.

– Eu vim para Angra para estudar pedagogia em 2015 e agora vou poder trabalhar aqui. Eu fiz o caminho contrário, saí do Rio e vim para cá pela grande oportunidade de formação que encontrei aqui. Até agora não estou acreditando na minha convocação. É uma grande oportunidade para contribuir efetivamente para a educação do município em que me formei. São escolas que muitas de nós estagiamos e fizemos projetos e que agora retornaremos como professoras regentes. Será uma oportunidade única e incrível. É um sonho – declarou Helen Rodrigues, 25 anos, moradora da Jacuecanga.

A educação passou por mudanças significativas após o período pandêmico. A tecnologia está cada vez mais atrelada ao ensino. Pensando nisso, a Prefeitura de Angra vem investindo cada vez mais nesse segmento, instrumentalizando tanto os profissionais quanto os estudantes para ingressarem no conhecimento tecnológico.

– O investimento que a prefeitura fez na compra dos notebooks possibilitará que os professores tenham um equipamento que irá apoiá-los na sua formação, nos seus estudos, na sua capacitação, na sua preparação de aula e na sua comunicação com os estudantes. A partir disso, as aulas conseguem ser ainda mais engajadoras e motivadoras. Vai influenciar diretamente no resultado da qualidade da educação – complementou Paulo Fortunato.

A escola pública tem papel fundamental na construção da sociedade. Ela é o espaço central de troca de conhecimento, intelecto e convívio social entre crianças, jovens e adultos. O professor e os funcionários da escola são os elos de ligação da instituição com os alunos e pais. Para isso, é necessário o investimento no desenvolvimento humano e na qualificação dos profissionais.

– O desenvolvimento da educação passa por investimentos em recursos humanos e, para isso, nós estamos dotando a prefeitura de funcionários e professores que possam atender a rede educacional a partir de um planejamento estratégico. Nosso principal objetivo é fazer uma gestão eficiente para atender as crianças com qualidade. Elas precisam muito das oportunidades ofertadas pelo poder público. Queremos que elas se tornem cidadãs efetivas – declarou o secretário de Governo, Cláudio Ferreti.