Estrada da Banqueta será reconstruída e alargada

1ª fase das obras será iniciada já nos próximos dias

Sexta-Feira, 23/09/2022 | Secretaria Executiva de Comunicação .

Uma reivindicação antiga da população da Banqueta vai se tornar realidade. A estrada do bairro vai ser alargada e receberá calçadas, sinalização (pintura de faixas, tachões e placas indicativas), drenagem, contenção e pavimentação. A ordem de serviço das obras foi assinada pelo prefeito Fernando Jordão na manhã desta sexta-feira, 23 de setembro, com a presença de muitos moradores.

- O nosso bairro cresceu muito, a estrada não comporta mais o trânsito e está em péssimas condições. Esta obra foi muito solicitada por nós junto à Secretaria de Obras – comentou a presidente de Associação de Moradores, Maria da Conceição.

Segundo o secretário de Obras, Cristiano Manhães, a obra da recuperação será dividida em duas fases. Nesta primeira etapa, que tem previsão de durar 240 dias, os trabalhos ocorrerão entre a ponte sobre o rio Banqueta e a Rua Sabiá-Laranjeira, totalizando 1,6km de extensão.

- Durante as obras serão necessárias interdições parciais e, em algumas ocasiões, podem acontecer interdições totais. Nesses momentos, vamos abrir acessos secundários para que os moradores tenham o menor transtorno possível – informou o secretário.

Para o secretário de Governo, Cláudio Ferreti, o apoio da população durante os trabalhos é fundamental.

- Como engenheiro de carreira da Prefeitura, me sinto realizado por participar desta obra. Contamos com o apoio da associação de moradores em todo o processo. Nossas realizações são frutos de diálogo visando o melhor para atender a população – destacou.

Outra conquista, agora para os moradores da região da Japuíba, será a substituição da adutora que capta água da Banqueta e encaminha para a elevatória da Nova Angra. A de 300mm em amianto será trocada por uma de 400mm em defofo.

- A adutora atual tem aproximadamente 50 anos, passa por baixo das casas e está cheia de vazamentos que não conseguimos reparar. A nova tubulação, que é maior, vai proporcionar melhorias no abastecimento de toda a região, além de permitir reparos mais ágeis e eficazes – explicou o presidente do SAAE, Alexandre Giovanetti.