Angra terá Gastronomia do Mar em novembro

Evento promete dias de muito sabor e música com artistas pratas da casa, além de palestras e aulas-shows de culinária com chefs renomados do Senac

Sexta-Feira, 21/10/2022 | Secretaria Executiva de Comunicação .

Angra dos Reis vai receber, mês que vem, o Gastronomia do Mar, evento com status de festival internacional e com selo de qualidade nas áreas gastronômica e turística. Uma estrutura para receber o público será montada no Cais de Santa Luzia, Centro, com praça de alimentação para venda e degustação de pratos dos melhores restaurantes da região, além de um espaço para aulas-shows, oficinas e palestras de chefs renomados do Senac, bem como palco para shows musicais e banheiros.

O Gastronomia do Mar em Angra dos Reis é promovido pelo Sesc/Senac e Sindicato do Comércio Varejista Regional (Sicomércio) com o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Eventos, da Secretaria Executiva de Aquicultura, Agricultura e Pesca e da Fundação de Turismo (Turisangra), além do apoio institucional da Federação de Comércio (Fecomécio/RJ).

Com entrada franca, moradores e turistas de Angra poderão aproveitar a programação no primeiro fim de semana de novembro: dia 4, sexta-feira, das 17h às 22h; dia 5, sábado, das 12h às 22h; e dia 6, domingo, das 12h às 20h. Em breve, será divulgada a programação detalhada das apresentações musicais, aulas-show, oficinas e palestras.

O Gastronomia do Mar tem como objetivos fomentar os restaurantes e chefs locais a prepararem pratos com peixes e frutos do mar; estimular o público em geral a preparar mais pratos com peixes em seu dia a dia; divulgar os restaurantes e chefs participantes do evento; e manifestar o respeito ao meio ambiente como pré-requisito para o desenvolvimento sustentável da economia pesqueira e gastronômica.

A pesca é a atividade comercial praticada ao longo de todo o litoral brasileiro, que se estende por mais de 8.500 km de costa, apresentando, portanto, elevada importância social e econômica para enorme contingente de trabalhadores nas regiões. E a produção de peixes de cultivo cresceu 4,7% em 2021 no Brasil.

Os peixes têm excelentes “virtudes gastronômicas”, mas ainda são pouco presentes na mesa da população. Segundo o IBGE, o brasileiro consome em média 9,5 kg de peixe por ano, ante uma média mundial de mais de 20 kg/habitante/ano. A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), por sua vez, recomenda que o ser humano ingira 12 kg/hab/ano.

Por isso, incentivar a atividade pesqueira e o desenvolvimento sustentável das colônias também é um dos objetivos do evento.

- O Gastronomia do Mar também é um incentivo à economia pesqueira da nossa cidade, estimulando a população ao consumo – lembrou o secretário-executivo de Aquicultura, Agricultura e Pesca, Wagner Junqueira.

O secretário de Eventos, João Willy, lembrou que o Gastronomia do Mar já foi realizado em Angra com grande sucesso e agora não será diferente:

- Estamos com uma ótima expectativa para este evento. Teremos uma boa estrutura para receber o público, que poderá saborear e aprender sobre a culinária de pescados. Na programação musical, vamos valorizar a prata local com atrações de boa qualidade que deixarão o ambiente ainda mais agradável – ressaltou Willy.

O presidente da Turisangra, Marc Olichon, também destacou a importância de eventos assim para o turismo.

- Temos como objetivo sempre incrementar o turismo sustentável, contribuindo de forma efetiva para a ocupação hoteleira. A gastronomia, no caso de Angra voltada para o mar, é um excelente atrativo para quem quer passar dias aproveitando nossas maravilhas naturais e saborear deliciosos pratos à base de peixes e frutos do mar – lembrou Marc.

Para o presidente do Sicomércio Regional, que abrange Angra dos Reis, Mangaratiba e Paraty, Essiomar Gomes, o evento, além de valorizar o setor pesqueiro da região, traz qualificação aos empresários dos restaurantes, com as oficinas e palestras.

- O mercado exige um profissional qualificado, principalmente na nossa região, que é turística. Tenho certeza que o Gastronomia do Mar – Angra dos Reis será um sucesso, assim como foi Mangaratiba, primeira cidade a receber o circuito. Esse é o lema do Senac, sempre qualificando para o desenvolvimento – disse Essiomar