Lançamento da nova nota fiscal eletrônica da prefeitura

Atualização implementa novos conceitos que facilitarão a vida do contribuinte e da equipe da Secretaria Executiva de Finanças

Terça-Feira, 29/11/2022 | Secretaria Executiva de Comunicação .

Aconteceu na manhã dessa terça-feira, 29, no auditório da Defesa Civil, o lançamento do modelo da nova nota fiscal eletrônica do site da prefeitura. Estiveram presentes prestadores de serviços, contadores, representantes de empresas, funcionários da Secretaria de Finanças e os responsáveis pela empresa TIPLAN, que coordenou a ação. A mudança irá começar a partir do dia 1º de dezembro no site da prefeitura de Angra.

– Hoje estamos entregando a nova versão da nota fiscal eletrônica, que irá mudar o formato como a nota sai na estrutura do site e terá mais detalhes e informações. A ideia é que com essa mudança a gente consiga integrar mais o sistema das notas com outros órgãos e outros entes. Isso irá facilitar a fiscalização para o contador e para a prefeitura na hora de conferir a declaração do serviço. Ajudará também a impedir a evasão de recursos do município – comentou Anderson de Oliveira Monteiro, auditor fiscal da Secretaria de Finanças.

A mudança ocorreu principalmente devido à demanda dos contadores e contribuintes sobre notas fiscais que não estavam sendo aceitas recentemente. Para quem emite a nota de forma manual, agora poderá preenchê-la com detalhes de forma mais intuitiva. No site da prefeitura, haverá também um vídeo explicativo sobre as modificações que precisarão ser realizadas no momento do preenchimento.

– A primeira nota fiscal eletrônica emitida a nível nacional foi em Angra dos Reis. A cidade é pioneira no desenvolvimento desse tipo de nota. De lá para cá, esse sistema passou por algumas atualizações. Já passamos pelo modelo 1.0 e agora estamos caminhando para o modelo 2.03, da ABRASF, que trará benefícios aos contribuintes e ao município. Ela segue uma metodologia nacional. O sistema e o login continuarão os mesmos. O contribuinte conseguirá emitir a nota com mais facilidade – destacou Francisco Veira, Analista de Negócios da TIPLAN.

A partir da atualização, o município conseguirá maior fiscalização automatizada, com emissões de relatórios das atividades econômicas dos contribuintes mais otimizadas. Algumas empresas municipais não aceitam mais o modelo com o código antigo.

– A Implantação da NFS-e na versão 2.03 da ABRASF trará novos conceitos que o modelo anterior não possuía, além de uma atualização da metodologia na emissão da nota fiscal. Essa nova versão irá facilitar a vida do contribuinte e oferecerá ao município novas técnicas de compartilhamento de informação, cruzamento de dados e melhorias na arrecadação tributária – finalizou Flávio Henrique de Sá, secretário Executivo de Finanças.